Mario Cavalcanti
por — 2 semanas atrás em Notícias

Libération pode abandonar edição impressa

Executivo do tradicional veículo disse que “não há um jornal em papel que conheça o crescimento”.

Declarações recentes feitas por um executivo do Grupo SFR, que controla o jornal francês Libération, mostra que o veículo pode em um futuro não muito distante encerrar sua edição impressa. “Se amanhã pudermos difundir informações de tão boa qualidade independente do papel, para as empresas jornalísticas, afinal, não seria tão mal”, disse Alain Weill, diretor da SFR Media, braço de mídia e conteúdo do Grupo SFR.

Em declarações ao diário conterrâneo Les Echos, Weill disse que “não há um jornal em papel que conheça o crescimento”. “60% dos jornais em papel não se vendem. Este modelo está consenado”, afirmou o executivo, que falou ainda que “as soluções que estão na mesa não são definitivas” e que estão buscando um modelo de negócio “que funcione para todos”.

Via 233grados.

Mais no Jornalistas da Web

Mario CavalcantiLibération pode abandonar edição impressa