Pinóquio - Pixabay | Jornalistas da Web
Mario Cavalcanti
por — 4 meses atrás em Notícias

Definir as fake news nos ajudará a expô-las, diz artigo do The Guardian

Artigo de opinião sugere atualização dos códigos de ética do jornalismo para abranger medidas contra notícias falsas.

O The Guardian publicou um artigo de opinião que busca definir o que vem a ser uma notícia falsa com o objetivo de expô-la. No artigo (em inglês), Paul Chadwick, editor de leitores do jornal britânico, define as fake news como sendo “ficções deliberadamente fabricadas e apresentadas como não-ficção com a intenção de induzir os destinatários a tratar a ficção como um fato ou como um fato verificável duvidoso”.

O autor falou ainda sobre a necessidade de se atualizar os códigos de ética. “Na minha opinião, as notícias falsas, nessa era de transição do analógico para o digital, representam uma ameaça tão séria que os códigos de ética do jornalismo profissional de longa data deveriam ter uma nova obrigação: expor as notícias falsas como falsas”.

Notícias relacionadas

Mais no Jornalistas da Web

Mario CavalcantiDefinir as fake news nos ajudará a expô-las, diz artigo do The Guardian