04/10/2013

Arizona Republic manda repórteres trabalharem em áreas com Wi-Fi público

Segundo o diário local americano, trata-se de uma medida para poupar dinheiro, mas também para deixar os repórteres mais próximos da população.

Logo Wi-FiRIO DE JANEIRO (Da Redação), 4 de outubro – Repórteres do jornal local americano Arizona Republic vão passar a trabalhar nas ruas, em áreas públicas com Wi-Fi liberado ou em estabelecimentos como restaurantes e cafeterias que permitam conexão à Internet. Os profissionais poderão também trabalhar de suas casas, apesar de os editores preferirem que os repórteres fiquem nas, para, assim, terem mais contato com os cidadãos.

A medida, segundo um dos editores, tem a ver com economizar dinheiro, mas não se trataria somente disso. “Sim, trata-se de uma medida para poupar dinheiro, mas também é uma forma de enviar os repórteres às ruas e colocá-los em contato com a comunidade. Isso não é necessariamente algo mal. A metade dos repórteres está entusiasmada, e a outra metade, nem tanto”, diz um dos editores ao jornalista e blogueiro Jim Romenesko.

Em agosto deste ano, o diário sofreu cortes de empregos que afetaram cerca de trinta empregados. As redações ocupadas pelo veículo em diversas cidades do Arizona serão ocupadas pelo pessoal de gerência e publicidade, e outras serão vendidas. JW.

Via 233grados.com.

Mario CavalcantiArizona Republic manda repórteres trabalharem em áreas com Wi-Fi público