04/06/2013

Banco Central lança aplicativo que ajudará turistas a trocar moeda no Brasil

De acordo com a entidade, após os grandes eventos internacionais, aplicação, disponível para Android e iOS, ficará como legado.

Foto: Agência BrasilBRASÍLIA (Agência Brasil) – Um aplicativo lançado no domingo (2) pelo Banco Central (BC) ajudará os turistas a localizar, por meio de smartphones e tablets, cerca de 12 mil pontos de atendimento de instituições credenciadas para fazer operações de câmbio. Inicialmente, a aplicação Câmbio Legal está disponível apenas para aparelhos que usam os sistemas iOS (iPhone e iPad, da Apple) e Android. O download desses aplicativos é gratuito e pode ser feito na App Store e no Google Play.

A opção por aplicativos para essas plataformas deve-se ao fato de serem elas responsáveis por mais de 90% do mercado brasileiro. “Dependendo da expansão, poderemos futuramente disponibilizá-los também para outras plataformas”, disse o secretário executivo do BC, Geraldo Magela. Segundo ele, existe potencial para aumentar dos atuais 12.187 para 100 mil o número de pontos de câmbio registrados no aplicativo. Para que isso aconteça, será necessária a colaboração das 184 instituições financeiras credenciadas pelo Banco Central.

Ao lançar a aplicação, o BC pretende ajudar, inicialmente, os turistas que visitarão o país para a Copa das Confederações, que começa no próximo dia 15, e a Jornada Mundial da Juventude, de 23 a 28 de julho, no Rio de Janeiro. Após esses eventos, o aplicativo ficará como legado.

PELO APLICATIVO, TURISTAS TERÃO ACESSO A DIVERSAS INFORMAÇÕES

Magela disse que, apesar de não apresentar a cotação das moedas estrangeiras, o aplicativo permitirá o acesso aos sites dos pontos de câmbio que dispõem de tal informação. “Não terá as cotações porque elas variam minuto a minuto. Os turistas terão acesso a informações como localização, telefone, horários de atendimento e serviços oferecidos por cada um dos postos autorizados pelo BC. Mas, se eles quiserem saber a cotação, poderão acessar o site dessas instituições a partir do próprio aplicativo”, acrescentou o secretário.

A iniciativa faz parte de uma campanha mais ampla, focada nos turistas estrangeiros, que tem também o objetivo de apresentar a eles as cédulas do real e os elementos de segurança nelas contidos, além de esclarecer as regras do país para o câmbio de moedas estrangeiras.

O BC disponibilizou também um site especial com dicas sobre onde os turistas poderão comprar reais antes de viajar, os documentos necessários para fazer câmbio e o uso do cartão internacional, além de apresentar os limites de compra e a lista de instituições financeiras autorizadas.

Por Pedro Peduzzi. Edição: Nádia Franco.

Mario CavalcantiBanco Central lança aplicativo que ajudará turistas a trocar moeda no Brasil