Washington Post vai começar a cobrar pelo acesso ao conteúdo digital

Leitores poderão visualizar até vinte matérias gratuitamente por mês. Acessos vindos do Google e de redes sociais não serão contados.

The Washington PostRIO DE JANEIRO (Da Redação), 18 de março – O diário americano The Washington Post anunciou nesta segunda-feira (18) que irá passar a cobrar pelo acesso ao seu site já no início do verão americano. Com a manobra, anunciada no ano passado, o Washington Post junta-se a outros grandes jornais dos Estados Unidos que possuem paywalls, como o New York Times e o Wall Street Journal.

No modelo adotado pelo Washington Post, o paywall permitirá aos leitores visualizar até vinte matérias gratuitamente por mês. Esta quantia, segundo o veículo, não está limitada à página de entrada, editorias ou classificados. Após atingir a cota, o usuário deverá optar por um plano se quiser continuar lendo. O diário não irá considerar na contagem visitas vindas diretamente do Google ou das redes sociais.

Estudantes e professores terão acesso imilitados nas escolas, enquanto militares e funcionários públicos terão acesso ilimitado no trabalho. Além disso, assinantes do impresso ganham uma assinatura digital. JW.

Via paidContent.

Mario CavalcantiWashington Post vai começar a cobrar pelo acesso ao conteúdo digital