Mario Cavalcanti
por — 15/03/2013 em Notícias

Editor da Reuters é acusado de ajudar o Anonymous a hackear o Los Angeles Times

Matthew Keys, de 26 anos, teria fornecido dados de acesso a um servidor da Tribune Company, onde já trabalhou.

Matthew Keys é editor de mídias sociais da Reuters

RIO DE JANEIRO (Da Redação), 15 de março – O editor-adjunto de mídias sociais da Reuters, Matthew Keys, de 26 anos, foi indiciado em um tribunal da Califórnia por supostamente conspirar com o grupo hacker Anonymous para acessar e alterar um site da Tribune Company. Ex-funcionário da emissora KTXL FOX 40, que pertence ao grupo de mídia, Keys, que não foi encontrado para comentar o caso, é acusado de fornecer dados de acesso de um servidor.

Um porta-voz da Reuters disse que a empresa está analisando o assunto, mas frisou que a suposta ação ocorreu mais de um ano antes de Keys entrar para a companhia. De acordo com um documento de acusação obtido pelo site Huffington Post, Keys, utilizando o codinome AESCracked, usou uma sala de chat para passar informações para o Anonymous. O hacker acessou pelo menos uma matéria do Los Angeles Times e a alterou.

Se condenado, Matthew Keys pode pegar até dez anos de prisão, três de liberdade condicional e uma multa de US$ 250 mil para cada caso. JW.

Via HuffingtonPost, The Guardian.

Mario CavalcantiEditor da Reuters é acusado de ajudar o Anonymous a hackear o Los Angeles Times