13/03/2013

Jornal é confiscado por ter sido considerado arma ofensiva

Torcedor invade campo de futebol com exemplar do diário inglês Worcester News e é detido. Segundo seguranças, objeto poderia ser utilizado como tocha.

Crédito da Foto: Jornal Worcester NewsRIO DE JANEIRO (Da Redação), 12 de março – Um torcedor inglês que invadiu o campo durante um jogo de futebol do West Ham United, no último dia 2 de março, teve seu jornal confiscado por ter sido considerado pelos seguranças uma arma ofensiva. Chris Barmby estava segurando um exemplar do jornal Worcester News quando foi detido por guardas.

Segundo o próprio diário britânico, o torcedor foi informado pelos seguranças sobre a “nova política” de banir jornais, pois tratam-se de objetos que poderiam vir a ser usados como tochas. Mesmo já tendo sido bombeiro, Barmby não concordou com a atitude.

O Worcester News escreveu um editorial condenando a atitute e considerando absurda a política de banir jornais. “O Worcester News sempre foi eficiente, mas nunca foi chamado de arma ofensiva”, disse o editor-adjunto do jornal, John Wilson. JW.

Via The Guardian, Worcester News.

Mario CavalcantiJornal é confiscado por ter sido considerado arma ofensiva