28/12/2012

China divulga regras mais rígidas para controle da Internet

Usuários deverão se registrar nos provedores utilizando nomes reais. Além disso, país vai excluir mensagens e páginas com informações consideradas ‘ilegais’.

Mapa da China / Arte / JWRIO DE JANEIRO (Da Redação), 28 de dezembro – A China divulgou nesta sexta-feira (28) normas mais rígidas para controle da Internet. O país agora passa a exigir que seus usuários se registrem com nomes verdadeiros ao se inscreverem em provedores de rede.

Com as novas regras, divulgadas pela agência de notícias Xinhua, o país também passará a excluir mensagens e páginas consideradas portadoras de informações “ilegais” e exigiu que os prestadores de serviços entreguem estas informações às autoridades.

Para o governo chinês, as novas medidas são necessárias para impedir que os cidadãos façam acusações maliciosas e anônimas na Internet, ou divulguem pornografia e boatos infundados. O país destaca que muitas outras nações já adotam esses procedimentos.

Em fevereiro deste ano, a China quebrou o anonimato em portais e redes sociais, exigindo que os usuários de Internet do país passassem a divulgar seus nomes reais. A ideia do governo seria ampliar essa política, vista por muitos cidadãos como uma forma de monitorar ainda mais um país cercado pela censura. JW.

Com informações da agência de notícias Reuters.

Mario CavalcantiChina divulga regras mais rígidas para controle da Internet