Mario Cavalcanti
por — 21/02/2011 em Notícias

Folha de S.Paulo põe na Internet seu acervo integral

Jornal comemora 90 anos de existência e digitaliza cerca de 1,8 milhão de páginas

ReproduçãoRIO DE JANEIRO (Da Redação), 21 de fevereiro – No último sábado (19), o jornal Folha de S.Paulo completou 90 anos de existência e colocou online a versão fac-similar das suas edições desde 1921. São cerca de 1,8 milhão de páginas, incluindo as edições da Folha da Noite, da Folha da Manhã e da Folha de S.Paulo, que agora podem ser consultadas na Internet pelos leitores.

Segundo o veículo, o processo demorou cerca de um ano e envolveu dezenas de pessoas do jornal e a contratação da empresa Digital Pages. O custo estimado foi da ordem de R$ 3 milhões, incluindo a digitalização, o armazenamento e o espaço em servidores. Na fase inicial, qualquer pessoa poderá ter acesso gratuito por meio do site acervo.folha.com.br, mas após um período de degustação (não informado), o acesso gratuito será mantido apenas para assinantes do jornal. "É uma ferramenta poderosa para pesquisas e uma vantagem a mais para o leitor fiel da Folha", afirma Antonio Manuel Teixeira Mendes, superintendente do jornal.

O trabalho foi quase todo feito a partir de microfilmes do jornal. Em 1982, a Folha começou a microfilmar suas edições desde a década de 1920. "Embora existam as coleções em papel, o microfilme é importante para preservar o material. A vida estimada de um livro em papel de jornal é de cem anos. Em microfilme, dura cerca de 500 anos", explica Carlos Kauffmann, gerente do Banco de Dados da Folha e um dos coordenadores do projeto.

O veículo montou um gráfico que explica o funcionamento do acervo virtual e também publicou um site comemorativo (na imagem em destaque) dos 90 anos. Com o lançamento do atrativo, a Folha passa a ser o primeiro dos grandes jornais brasileiros a digitalizar seu acervo integral e a colocá-lo à disposição dos leitores. JW.

Com informações da Folha.

Mario CavalcantiFolha de S.Paulo põe na Internet seu acervo integral