Mario Cavalcanti
por — 06/08/2008 em Notícias

YouTube ajuda COI a evitar vídeos amadores

Comitê firma acordo com site de compartilhamento de vídeos para impedir upload de pirataria

O Comitê Olímpico Internacional (COI) firmou um acordo com o YouTube para evitar o uso indevido de imagens durante as Olimpíadas. O acordo permite que vídeos de três horas de duração sejam acessados pelos 77 países que não adquiriram os direitos de transmissão.

Segundo a Folha Online, na parceria, o site de compartilhamento de vídeos se compromete a impedir que usuários coloquem vídeos amadores dos Jogos Olímpicos. O COI vende os direitos de imagens apenas para redes de TV e mantém uma posição conservadora sobre a divulgação dessas imagens na Web. Atletas não podem publicar posts sobre os jogos em seus blogs, por exemplo.

– Pela primeira vez na história, teremos cobertura global do evento com canal próprio de difusão e produção de imagens. O espectador sempre prefere uma transmissão profissional do que um vídeo sem condições técnicas registrado por um telefone celular, afirma Timo Lumme, diretor de TV e marketing do COI.

A idéia é compensar a restrição no YouTube com resumos de três horas para os internautas. O site poderá exibir anúncios dos patrocinadores dos Jogos.

Mario CavalcantiYouTube ajuda COI a evitar vídeos amadores