Mario Cavalcanti
por — 24/07/2008 em Notícias

Médico alerta sobre busca de informações de saúde na Web

Matérias confiáveis devem apontar estudos científicos como fontes seguras

O apresentador do "Saúde em Foco", da rádio CBN, Dr. Luís Fernando Correia, publicou um artigo no site G1, nesta quinta-feira, a respeito do risco ao pesquisar informações médicas na Internet. Segundo ele, o meio é uma excelente fonte, mas é preciso separar o que é confiável do que não é.

O médico citou um caso recente: um artigo que circula na Internet revela os perigos do aspartame à saúde. De acordo com o especialista, a substância, que é um tipo de adoçante, é considerada segura para o consumo humano.

– Um pequeno grupo de pessoas na população que sofre da doença hereditária fenilcetonúria devem evitar sua utilização. Esse fato motivou a exigência da divulgação no rótulo dos produtos que contém aspartame sobre a presença de fenilalanina – afirma. Apenas uma em cada 16 mil pessoas apresenta a doença.

O texto sobre o adoçante é proveniente de uma palestra da doutora Marcy Mankle em uma conferência sobre Meio Ambiente e Aspartame. Contudo, conforme constatou o Dr. Luís Fernando Correia, não há registros da publicação de nenhum artigo científico pela autora.

– Os sites que buscam divulgar informações de saúde de forma responsável habitualmente divulgam as referências científicas e as credenciais de quem está fornecendo as informações – explica.

Mario CavalcantiMédico alerta sobre busca de informações de saúde na Web