Mario Cavalcanti
por — 03/12/2007 em Notícias

TV digital começa a operar no Brasil

Melhor qualidade audiovisual e possibilidade de interatividade são algumas das vantagens

Agência Brasil

Divulgação: televisores do tipo Full HD estão preparado para exibir todo o poder de fogo do novo sistema de TV digital, mas equipamentos são ainda muito caros.Brasília – Melhor qualidade de som e imagem e possibilidade de interação são algumas das vantagens que o telespectador brasileiro terá com o sistema de TV digital no país. As primeiras transmissões aconteceram neste domingo, 2, na região metropolitana de São Paulo.

Para o professor Alexandre Hashimoto, mestre em novas tecnologias pela Universidade de São Paulo (USP) e coordenador do curso de Sistema de Informação das faculdades integradas Rio Branco, a entrada do Brasil no sistema de transmissão digital é um marco para a história da tecnologia mundial.

– O povo brasileiro vai passar a ser mais bem informado e com muito mais opções, mudando até a forma como ele consegue assistir televisão – disse Hashimoto, em entrevista ao programa Revista Brasil, da Rádio Nacional.

Ele explica que a principal diferença para os telespectadores será a qualidade da imagem e do som que chegará até a casa dos brasileiros.

– Com o sistema analógico, as vezes a imagem chega na nossa casa com aquele chiadinho, ou em um jogo de futebol aparecem de repente 40 jogadores em campo. Com o sinal digital, os fantasmas e o chiado somem – afirma.

Para receber o sinal digital, será preciso adaptar um conversor (chamado de set-top box) no aparelho de televisão convencional. De acordo com o ministro das Comunicações, Hélio Costa, o governo deverá viabilizar a venda dos conversores de TV digital a preços populares.

Segundo Hashimoto, até 2016, os sistemas analógico e digital vão funcionar simultaneamente. Depois disso, vai haver apenas o sinal digital, e os brasileiros terão que comprar um um novo aparelho de televisão ou o conversor.

Pelo cronograma do Ministério das Comunicações, até os primeiros meses de 2008, o sistema de TV digital já estará disponível em Brasília, Belo Horizonte e Rio de Janeiro.

Além da qualidade de som e imagem, Hashimoto destaca a possibilidade de uma interatividade maior dos telespectadores com a chegada da TV digital. Segundo ele, além de poder comprar programas e produtos pelo controle remoto, será possível usar recursos como gravar e pausar programas, aproximar a imagem que aparece na tela, assistir a um jogo por vários ângulos ou ter vários canais na tela ao mesmo tempo.

Segundo Costa, os recursos de interatividade no modelo brasileiro de TV digital estarão disponíveis em etapas e não poderão ser utilizados de imediato. Uma das possibilidades no futuro, de acordo com o ministro, será a possibilidade de fortalecer a educação à distância no país, além da criação de programas para trabalhar com a saúde pública e pesquisas de opinião.

Mario CavalcantiTV digital começa a operar no Brasil