Mario Cavalcanti
por — 15/10/2007 em Notícias

Reino Unido vai analisar efeitos do Wi-Fi

Agência de saúde fará estudo mesmo sem evidências que comprovem danos à saúde

Divulgação: logotipo do Wi-Fi. Quando exibido em um estabelecimento como restaurante e hotel, indica que o local permite o acesso sem fio e em alta velocidade a Internet, a partir do padrão Wi-Fi.A Agência de Proteção à Saúde (HPA) do Reino Unido anunciou que fará uma pesquisa sobre como redes sem fio estão sendo usadas e se elas podem causar danos à nossa saúde.

Segundo a professora Pat Troop, executiva-chefe da agência, não existem evidências que comprovam que o padrão Wi-Fi e redes locais sem fio possam causar efeitos adversos na saúde da população. Os sinais utilizados nas redes Wi-Fi são de baixa potência e estão de acordo com as normas da Comissão Internacional de Proteção à Radiação Não-Ionizante (ICNIRP, na sigla em inglês). Mesmo assim, a pesquisa vai buscar analisar o nível de exposição.

A informação é da BBC News. Em inglês, aqui. JW.

Mario CavalcantiReino Unido vai analisar efeitos do Wi-Fi