Mario Cavalcanti
por — 29/01/2007 em Notícias

Jornais perdem terreno em escolas

Estudo entrevistou 1.262 professores dos EUA e constatou que 57% utilizam serviços noticiosos online na sala de aula com frequência

Mais professores nos Estados Unidos vêm utilizando sites nacionais e internacionais de notícias em salas de aula, constatou um estudo com 1.262 professores conduzido pela Carnegie-Knight Task Force no final de 2006 e divulgado nesta segunda-feira, 29.

Segundo a pesquisa, 57% dos professores entrevistados utilizam serviços noticiosos online na sala de aula com alguma frequência. As notícias locais estariam sendo usadas por apenas 13% dos professores e os sites mais populares seriam os pertencentes a grandes organizações como BBC, CNN e The New York Times.

Ainda de acordo com o estudo, professores preferem jornais em papel, mas apenas oito por cento deles afirmaram que os alunos compartilham dessa preferência. Entre os entrevistados, 75% declaram que os jornais eram a mídia menos apreciada pelos alunos e um professor declarou que "os estudantes não estabelecem relacionamento algum com os jornais, da mesma forma que não o fariam com discos em vinil".

As informações são do portal G1 e podem ser lidas na íntegra aqui.

Mario CavalcantiJornais perdem terreno em escolas