Mario Cavalcanti
por — 16/11/2006 em Notícias

China libera Wikipedia em mandarim

Ministério de Assuntos Exteriores do país asiático diz que se quiserem operar lá, sites devem respeitar leis e regulamentos

Segundo notícia da Folha Online, após um ano de censura, o governo chinês desbloqueou nesta quinta-feira, 16, o acesso à versão em mandarim da enciclopédia participativa Wikipedia. Em outubro, a versão internacional já havia voltado a ser acessível no país.

O Ministério de Assuntos Exteriores da China aproveitou para defender também nesta quinta-feira sua política de limitação de acesso à Internet. O órgão alega que é "prática habitual em outros países", acrescentando que se quiserem operar lá, todos os sites devem respeitar leis e regulamentos chineses.

Com 123 milhões de internautas, o país asiático é o segundo do mundo em número de internautas, atrás apenas dos Estados Unidos, que possui 198 milhões.

A notícia pode ser lida na íntegra aqui.

Mario CavalcantiChina libera Wikipedia em mandarim