Mario Cavalcanti
por — 31/10/2006 em Notícias

Juan Varela comenta MySpace e YouTube

Comprados por grandes empresas, serviços já são considerados meios, distribuidores de conteúdos para audiências massivas

Recentemente, o portal social MySpace – pertencente à News Corporation – e o site de compartilhamento de vídeos YouTube – comprado pelo Google no início de outubro – começaram a remover de suas bases de dados conteúdos que infringem direitos de propriedade intelectual.

Em post no weblog Periodistas 21, o jornalista espanhol Juan Varela fez um interessante comentário em relação aos novos meios: "News Corporation e Google não podem permitir a anarquia libertária das redes sociais se não querem ser demandados por outras grandes empresas midiáticas que dominam a maioria dos conteúdos. MySpace e YouTube já são meios, distribuidores de conteúdos para audiências massivas, não redes sociais, como enfatizava com acerto Lawrence Lessig ao tipificar os negócios (e a moral) da Web 2.0", opina.

O post de Varela pode ser lido na íntegra aqui (em espanhol). JW.

Mario CavalcantiJuan Varela comenta MySpace e YouTube