Mario Cavalcanti
por — 20/10/2006 em Notícias

YouTube corta 30 mil vídeos ilegais

Materiais pertenciam a empresas de mídia japonesas e portal estaria infringindo direitos autorais

O portal de compartilhamento de vídeos YouTube cortou cerca de 30 mil vídeos de seu arquivo após empresas de mídia japonesas dizerem que seus direitos autorais estavam sendo infringidos. Teriam sido encontrados vídeos de música, filmes e clipes de TV postados sem autorização dos autores.

A informação é da BBC e pode ser lida na íntegra aqui (em inglês).

Mario CavalcantiYouTube corta 30 mil vídeos ilegais