Governo lança portal com imagens das 12 cidades-sede da Copa. Divulgação.
12/06/2014

Governo lança portal com imagens das 12 cidades-sede da Copa

Banco, que reúne vídeos de estádios praias e outros locais, pode ser utilizado gratuitamente por veículos de imprensa.

O governo federal lançou na quarta-feira (11) um portal com imagens das 12 cidades-sede da Copa do Mundo. O banco, que reúne vídeos, poderá ser utilizado gratuitamente por veículos de imprensa. Os vídeos foram produzidos pelas equipes da NBR, canal de televisão que faz parte da Empresa Brasil de Comunicação (EBC) Serviços, área de prestação de serviços da empresa. As equipes percorreram as 12 cidades coletando as imagens. Os vídeos, de aproximadamente três minutos, são organizados por cidade e por tema, como mobilidade urbana.

De acordo com o secretário adjunto de Imprensa da Presidência da República, Fernando Thompson, o portal faz parte da estratégia para atender aos jornalistas estrangeiros. “O Brasil está, neste momento, tendo uma oportunidade única de se expor, de se abrir, de se colocar para o mundo”, destacou. “Levando em consideração que nenhum jornalista vai percorrer as 12 cidades, o governo montou um grupo de serviços que atendam aos jornalistas, para que eles possam estar baseados em uma cidade, mas consigam ter acesso às informações e imagens de todas as outras. Então, nós montamos produtos de comunicação”, disse.

SITE TRAZ AINDA BANCO DE PAUTAS

Além do banco de imagens, outro produto oferecido é o banco de pautas, com informações sobre economia, população e desenvolvimento social das cidades-sede da Copa e também das regiões do país. “Também fizemos isso em nível federal: como é a economia do Brasil, como são as áreas social, de indústria, de meio ambiente. Com isso, ele [jornalista estrangeiro] pode ter uma visão, escolher sobre o que falar e, ao mesmo tempo, entrevistar o porta-voz que já foi treinado e qualificado para atendê-lo”.

Dezenove mil jornalistas foram credenciados pela Federação Internacional de Futebol (Fifa) para o Mundial. Para os profissionais que não conseguiram o credenciamento, o governo brasileiro abriu centros de mídia nas 12 cidades-sede. No Rio de Janeiro, o Centro Aberto de Mídia (CAM) João Saldanha, aberto no último dia 9, tem 2,4 mil jornalistas credenciados.

Por Alana Gandra (Repórter da Agência Brasil). Edição: Carolina Pimentel (Agência Brasil).

Mario CavalcantiGoverno lança portal com imagens das 12 cidades-sede da Copa