Crédito: Flickr.com/amymctigue
22/05/2014

10 receios de todo jornalista conectado

Esquecer o carregador ou não ter sinal de rede em um estabelecimento são só alguns dos problemas que muitas vezes fazem parte de nossa vida.

Por (@mariocavalcanti)

Estabelecimentos sem Wi-Fi, não ter onde carregar a bateria, conexões lentas… Qual ser conectado nunca passou por esses problemas? Baseado até mesmo em experiência própria, montei abaixo uma lista de dez de alguns possíveis receios de todo jornalista (e não só) conectado.

Talvez essas sejam situações bastante vividas por repórteres de rua, encarregados de fazerem coberturas e que, muitas vezes, precisam postar o conteúdo naquele momento nas redes sociais ou mandá-los diretamente para a redação. E são problemas que, acredito eu, em alguns anos serão amenizados (pelo menos a maioria).

1. Ausência de conexão

Crédito: Flickr.com/77018488@N03

Crédito: [email protected]

Você chega em um estabelecimento para fazer uma cobertura e este local não oferece conexão Wi-Fi. A não ser que você tenha uma conexão 3G ou 4G muito boa, pode ser deprimente depender do Wi-Fi e ele não estar disponível. Mesmo assim, conexões 3G ou 4G podem não ajudar. Siga adiante e você entenderá.

2. Sinal de rede fraco ou inexistente

Crédito: Flickr.com/toyochin

Crédito: Flickr.com/toyochin

O estabelecimento não disponibiliza Wi-Fi? Não tem problema! Você tem sua conexão 3G/4G superpoderosa e ilimitada, certo? Mas espera aí… Eita! Seu(s) dispositivo(s) está(ão) sem sinal! Paredes grossas, muitas salas, local subterrâneo… São diversas as causas que podem deixar seu aparelho com sinal de rede fraco ou sem sinal. Aí até mesmo aquela simples foto que você queria subir pro Instagram vai engasgar.

3. Sem carregador de bateria

Crédito: Flickr.com/mallol

Crédito: Flickr.com/mallol

Você está por aí usando seu dispositivo ultramoderno para fazer cobertura ou simplesmente para passar o tempo e percebe o ícone de bateria piscando. Novos tempos. Novos signos. Novos desesperos? Não! É só carregar a bater… Droga! Esqueci o carregador. Novos desesperos, sim. Comece a procurar alguém com um carregador compatível. Isso serve para laptop, tablet, smartphone, Google Glass, câmera digital ou o que você estiver usando.

4. Sem ter onde carregar a bateria

Crédito: Flickr.com/amymctigue

Crédito: Flickr.com/amymctigue

Você é uma pessoa cautelosa e nunca esquece seu carregador, principalmente quando vai cobrir um evento ou passar o fim de semana fora. Mas, mesmo assim, um novo desespero surge quando você descobre que não tem ONDE ligar o carregador. Isso pode acontecer quando a voltagem é diferente – apesar de hoje em dia muitos carregadores serem bivolt – ou, pior ainda, quando incrivelmente o estabelecimento não tem um ponto de tomada vago para lhe oferecer. Os mais preparados andam com um adaptador conversor USB para tomadas de automóveis (aquele de 12V). Aí dá para plugar, por exemplo, em um táxi.

5. GPS indisponível

Crédito: Flickr.com/nnova

Crédito: Flickr.com/nnova

Estamos em tempo de Foursquare e de outros sites de redes sociais baseados em – ou que fazem bastante uso de – geoposicionamento. Instagram, Facebook, Twitter, Pinterest… Todo mundo usando e abusando do GPS do seu smartphone – função cada vez mais comum nesses aparelhos. Mais do que atrapalhar uma cobertura jornalística, a indisponibilidade temporária do GPS pode ser um problema mais sério se você estiver perdido em algum lugar que não conheça bem, ou, mais sério ainda, se você estiver em meio a uma guerra ou manifestação.

6. Serviços temporariamente indisponíveis

Crédito: Flickr.com/sxbaird

Crédito: Flickr.com/sxbaird

O GPS está OK e também não é necessário na sua preciosa cobertura. O que você precisa fazer é apenas tuitar, postar fotos no Instagram ou entrar no webmail para mandar um conteúdo pra redação ou pro seu editor. Mas aquele serviço que você precisava tanto naquele momento ficou temporariamente indisponível. Lei de Murphy. Isso pode ocorrer por manutenção rotineira, problemas de congestionamento, invasão de hackers etc. Até mesmo os peixes grandes – Twitter, Facebook, GMail, Google e outros – ficam fora do ar. O jeito é “esperar voltar”.

7. Conexões lentas

Crédito: Flickr.com/raphaelquinet

Crédito: Flickr.com/raphaelquinet

Dá até sono ler essa expressão. Mas, se você é um nativo digital ou começou a trabalhar com Web há pouco tempo, saiba que já houve tempos piores – sim, a famosa era da conexão discada. A coisa evoluiu tanto nos últimos vinte anos que, hoje em dia, conexão lenta – principalmente nos celulares – causa até ansiedade nas pessoas. E ansiedade mata – é serio. Novos tempos, novos problemas. A foto do Instagram não vai de jeito nenhum, você não consegue ler emails, mas o jeito é respirar e manter a calma. Tudo é passageiro. A conexão pode estar lenta, mas não deixe ela derrubar você. ;-)

8. Queda de energia

Crédito: Flickr.com/potentialpast

Crédito: Flickr.com/potentialpast

Queda de energia?? Que coisa mais retrô! Você trabalha em um prédio top de linha munido de “geradores de última geração” e a probabilidade de queda de luz é praticamente nula, não é? Mas até mesmo em prédios com geradores, acreditem, já vi faltar luz. Imagina isso no meio de uma matéria ou post importante. Se você estiver com um laptop, um smartphone ou um tablet, ou mesmo com um desktop ligado em um nobreak, isso pode não ser um problema. Bom, até a bateria – ou a carga do nobreak – começar a ficar fraca…

9. Esquecer senhas

JW / Imagem ilustrativa

JW / Imagem ilustrativa

Acontece muito com quem é dependente do popular recurso de “lembrar senha”. Aí, quando você precisa usar um computador “diferente” em algum lugar como um hotel, um café, um aeroporto ou uma LAN house, você simplesmente não lembra das suas passwords, principalmente no caso de serviços online que a gente não usa toda hora. E isso pode pegar você muito de surpresa em algum lugar. Então, exercite sua mente e memorize suas senhas, mesmo que você tenha contas em uma infinidade de serviços.

10. Ausência de emprego

Crédito: Flickr.com/kamshots

Crédito: Flickr.com/kamshots

“Não estou desempregado, estou disponível para o mercado”, já ouvi dizerem de forma irônica. Brincadeiras à parte, o chato é quando existem mais profissionais do que vagas. Talvez a área de TI seja uma poucas que não sofrem com isso. De qualquer forma, a falta de emprego é forte candidata a principal receio não só dos jornalistas conectados, mas de profissionais de qualquer área.

Esqueci de algum? Provavelmente, sim. Se você lembrar de mais alguma situação [inusitada|preocupante|revoltante], compartilhe! :-)

Sobre o autor |

Jornalista, developer, carioca e nerd de carteirinha. Editor do site Jornalistas da Web e adepto da retrocomputação.

Siga Mario Cavalcanti no Twitter Siga Mario Cavalcanti no Facebook Siga Mario Cavalcanti no Google+
Mario Cavalcanti10 receios de todo jornalista conectado