17/02/2014

Cursos online receberão dinheiro para qualificar trabalhador

Programa vinculado ao Ministério do Trabalho objetiva melhorar estrutura da qualificação de mão de obra por meio da Rede Nacional de Pesquisa.

Foto ilustrativa: Mouse. Crédito: SXC.huBRASÍLIA (Agência Brasil) – Cursos pela Internet foram autorizados pelo Ministério do Trabalho a receber dinheiro do Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador (Codefat) para a qualificação de mão de obra no Programa Universidade do Trabalhador. A medida foi publicada na sexta-feira (14) no Diário Oficial da União.

A Universidade do Trabalhador é um programa vinculado ao Ministério do Trabalho e tem o objetivo de melhorar a estrutura da qualificação de mão de obra por meio da Rede Nacional de Pesquisa, entre as quais são participantes as universidades de Brasília e a Federal de Santa Catarina.

“O objetivo maior é a politização do trabalhador. Devemos oferecer uma base técnica forte com vistas ao mercado, mas é preciso que o cidadão também desenvolva o debate
político”, disse o ministro Manoel Dias.

Por Carolina Sarres. Edição: Beto Coura.

Mario CavalcantiCursos online receberão dinheiro para qualificar trabalhador