05/11/2013

Jornal El Nacional, da Venezuela, pode parar por falta de papel

Governo não estaria liberando divisas para a compra de papéis com fornecedores internacionais. Veículo é considerado um dos principais de oposição.

Jornal El Nacional, da Venezuela.RIO DE JANEIRO (Da Redação), 5 de novembro – O diário El Nacional, da Venezuela, considerado um dos principais de oposição ao governo, pode parar de circular por falta de papel. De acordo com o veículo, o governo venezuelano não está liberando divisas para a compra de papéis com fornecedores internacionais.

A liberação dos dólares não estaria sendo feita pela Comissão de Administração de Divisas (Cadivi), instituição criada em 2003 e responsável por administrar as trocas cambiais no país. Qualquer empresa no país que necessite de dólares para fazer negócios no exterior, deve ter a aprovação desse órgão governamental.

O El Nacional diz que todo o trâmite legal foi cumprido, mas que o Cadivi não tem feito a liberação desde maio deste ano. O governo local garante que as divisas para meios de comunicação destinadas a compra de papel jornal têm sido liberadas. O El Nacional, no entanto, não aparece nas últimas listagens do órgão. Um solução adotada pelo veículo para racionar o papel tem sido cortar alguns suplementos, como o caderno literário. JW.

Com informações do jornal O Globo.

Mario CavalcantiJornal El Nacional, da Venezuela, pode parar por falta de papel