Mario Cavalcanti
por — 26/09/2013 em Notícias

Anatel divulga resultados das medições de agosto da banda larga

Na banda larga fixa, entidade levou em consideração seis parâmetros; na banda larga móvel, foram dois indicadores.

Mapa do Brasil / Arte: JWRIO DE JANEIRO (Da Redação), 26 de setembro – A Anatel divulgou na quarta-feira (25) os resultados das medições da banda larga realizadas o mês de agosto. Na banda larga fixa, prestada por meio do Serviço de Comunicação Multimídia (SCM), as medições incluíram prestadoras de Minas Gerais, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte e São Paulo. Na banda larga móvel, prestada por meio do Serviço Móvel Pessoal (SMP), foram avaliadas prestadoras de Minas Gerais, Paraná, Rio de Janeiro e São Paulo. Veja aqui o resultado (PDF).

Para as medições da banda larga fixa, foram escolhidos, por sorteio, voluntários que se inscreveram por meio do site Brasil Banda Larga. A partir dos dados registrados pelos medidores (whiteboxes) instalados nos domicílios dos voluntários selecionados, foram acompanhados seis indicadores: Velocidade instantânea (velocidade de upload e download apurada no momento de utilização da Internet pelo usuário); velocidade média (média das medições de velocidade instantânea apuradas durante o mês); latência (período de transmissão de ida e volta de um pacote, entre a casa do voluntário e o servidor de medições); jitter (variação de latência. A instabilidade na recepção da informação); perda de pacotes (ocorre quando, por falha ou baixa qualidade da conexão, um dos pacotes não encontra seu destino ou é descartado pela rede); e disponibilidade (período durante o mês em que o serviço ofertado pela prestadora esteve disponível para o usuário Banda larga móvel).

Na banda larga móvel, foram acompanhados dois indicadores: taxa de transmissão instantânea (velocidade de upload e download apurada no momento de utilização da internet pelo usuário); e taxa de transmissão média (média das medições de velocidade instantânea apuradas durante o mês). As medições tiveram início no Rio de Janeiro e, até o final de outubro, abrangerão todo o País. Diferentemente do que ocorre na banda larga fixa, para as medições da banda larga móvel não há necessidade de voluntários. Como resultado de parceria com o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), os medidores que monitorarão a qualidade do serviço serão instalados em escolas atendidas pelo Projeto Banda Larga nas Escolas Públicas Urbanas.

De acordo com a entidade, nos dois casos, as medições envolveram clientes das prestadoras com mais de 50 mil assinantes. O projeto de medição da qualidade da banda larga, desenvolvido desde o final de 2012, pretende reunir informações para a adoção de medidas que permitam a melhoria progressiva da qualidade do serviço.

MOBILE APPS PARA MEDIÇÃO DA QUALIDADE DA BANDA LARGA MÓVEL

As versões oficiais dos aplicativos da Anatel para aferição da qualidade da banda larga móvel para o smartphone iPhone (sistema operacional iOS) e Android estão disponíveis. Os aplicativos foram desenvolvidos pela EAQ (Entidade Aferidora da Qualidade).

Para instalar a versão o aplicativo no iPhone ou iPad, basta que o usuário faça uma busca pela palavra “Brasil Banda Larga” na Apple Store. Usuários de smartphones com o sistema Android também podem baixar diretamente do Google Play procurando o aplicativo “Brasil Banda Larga”. Após instalado o aplicativo, o usuário necessitará fazer um cadastro com seu e-mail e escolher uma senha de acesso.

Segundo a Anatel, os aplicativos são gratuitos, seguros e não permitem acesso ao conteúdo das ligações ou mensagens do usuário. As informações a serem obtidas dizem respeito aos principais parâmetros de qualidade da conexão banda larga (velocidades de download e upload, latência, jitter e perda de pacotes), além de apresentar graficamente os resultados de todas as medições realizadas anteriormente, inclusive com os locais exatos das medições. Ou seja, uma vez instalado o aplicativo o usuário poderá realizar medições do Serviço Móvel Pessoal contratado de sua prestadora em qualquer lugar em que esteja com seu smartphone.

Para outros sistemas operacionais móveis, as medições podem ser realizadas diretamente na página do projeto. JW.

Mario CavalcantiAnatel divulga resultados das medições de agosto da banda larga