02/07/2013

Partido criado pelo WikiLeaks participará das eleições na Austrália

Julian Assange e outros membros da organização denunciante irão disputar cadeiras no Senado nas próximas eleições federais australianas.

Site do Partido WikiLeaks.RIO DE JANEIRO (Da Redação), 2 de julho – O braço político do WikiLeaks foi oficialmente registrado nesta terça-feira (2) pela Comissão Eleitoral Australiana (AEC, na sigla em inglês), e participará das eleições federais no país. O partido planeja concorrer a cadeiras no Senado em três estados australianos.

Greg Barns, gerente de campanha do Partido WikiLeaks, disse que agora o grupo vai se concentrar em definir suas posições políticas. Em um primeiro momento o partido irá focar em áreas de mudanças climáticas, política de refugiados e tributação. Estas seriam, de acordo com Barns, as principais questões políticas que carecem de um equilíbrio de poder.

Até o momento, Julian Assange é o único candidato confirmado do partido WikiLeaks. É esperado que ele concorra às eleições no estado australiano de Vitória. Assange permanece na embaixada do Equador em Londres para driblar a extradição para a Suécia, onde ele é procurado para interrogatório sobre alegações de agressão sexual. Assange nega as acusações. JW.

Via Media Guardian.

Mario CavalcantiPartido criado pelo WikiLeaks participará das eleições na Austrália