Jornais nos EUA lucraram mais com venda do que com anúncios em 2012

De acordo com dados da Newspaper Association of America, o crescimento nas receitas foi impulsionado pelas assinaturas de edições digitais.

Imagem ilustrativa. Crédito: SXC.huRIO DE JANEIRO (Da Redação), 8 de abril – A receita de vendas de jornais nos Estados Unidos cresceu em 2012 pela primeira vez em uma década, mas no geral a indústria continuou perdendo dinheiro por causa de quedas nas receitas vindas de anúncios, é o que mostram dados da Newspaper Association of America (NAA).

De acordo com a entidade, o crescimento nas receitas foi impulsionado devido a pessoas terem assinado edições digitais. As receitas de vendas de jornais em 2012 foram de US$ 10,4 bilhões, um aumento de 5% em relação ao ano anterior e o primeiro crescimento desde 2003. No geral, porém, a indústria de jornal nos Estados Unidos arrecadou US$ 38,6 bilhões em 2012, uma queda de 2% em relação aos US$ 39,5 bilhões em receita arrecadados em 2011.

A publicidade caiu 6% em 2012, e a publicidade impressa permanece como a maior fonte de receita para os jornais, apesar de outras fontes – como consultoria digital e comércio eletrônico – também estarem crescendo. Segundo a entidade, novas fontes de receita agora representam US$ 1 em cada US$ 10 que entram nas empresas de jornal. JW.

Via Media Guardian.

Mario CavalcantiJornais nos EUA lucraram mais com venda do que com anúncios em 2012