07/02/2013

Quase 65% das revistas americanas possuem uma réplica digital

Segundo levantamento da AAA, vendas ainda são baixas, mas alguns títulos mostraram crescimento digital expressivo.

Revista Cosmopolitan no iPad / Divulgação.RIO DE JANEIRO (Da Redação), 7 de fevereiro – Quase 65% das revistas americanas possuem uma réplica digital, mas essas edições representam um pouco menos de 3% da circulação total. É o que aponta um novo levantamento feito pela Alliance for Audited Media (AAA) – a ex-Audit Bureau of Circulations) – e divulgado nesta quinta-feira (7). Em alguns títulos individuais, entretanto, o crescimento digital foi mais expressivo.

A AAA define uma réplica digital como uma edição digital que tenha o mesmo conteúdo editorial e fotojornalismo, mesmo que o material seja organizado de forma diferente em um tablet.

Segundo a companhia, 289 revistas americanas venderam 7,9 milhões de réplicas digitais no último semestre de 2012, o que representa 2,4% da circulação total. No primeiro semestre, o percentual foi de 1,7%.

O crescimento se mostrou mais impressionante em uma análise individual, onde algumas revistas conseguiram grandes ganhos em vendas digitais. É o caso da GameStop, que figura no topo do ranking por circulação digital. Seu percentual aumentou 89%. Já a Cosmopolitan teve sua circulação digital elevada para quase 40% na segunda metade do ano. JW.

RANKING DAS 25 PRINCIPAIS REVISTAS AMERICANAS POR CIRCULAÇÃO DIGITAL

As porcentagens referem-se ao crescimento em comparação à primeira metade de 2012.

01. Game Informer (GameStop), circulação digital: 2,305,816 (+89%)
02. Maxim (Alpha Media Group): 259,529 (-8.9%)
03. Cosmopolitan (Hearst): 254,751 (+37.2%)
04. National Geographic (National Geographic): 160,077 (+18.9%)
05. Poder Hispanic (Televisa): 149,838 (-12.3%)
06. Reader’s Digest (Reader’s Digest): 147,149
07. Taste of Home (Reader’s Digest): 103,961
08. Popular Science (Bonnier): 98,389 (+5.8%)
09. ESPN the Magazine (ESPN): 92,197 (+20.4%)
10. OK! (American Media): 88,347
11. Parenting (Bonnier): 87,253 (+16.7%)
12. Men’s Health (Rodale): 85,842 (+44.2%)
13. O, the Oprah Magazine (Hearst): 84,632 (+4.2%)
14. Wired (Condé Nast): 84,118 (+22.3%)
15. Us Weekly (Wenner): 81,611
16. Nylon (Jaclynn B. Jarrett): 77,469 (+2.5%)
17. GQ (Condé Nast): 74,806 (+24.6%)
18. Food Network Magazine (Hearst): 67,727
19. Women’s Health (Rodale): 66,555 (+29.5%)
20. Star (American Media): 59,903
21. New Yorker (Condé Nast): 59,471
22. Esquire (Condé Nast): 57,795
23. Martha Stewart Living (Time Inc.): 56,068
24. Glamour (Condé Nast): 53,794
25. Vanity Fair (Condé Nast): 53,735

Via AAApaidContent.

Mario CavalcantiQuase 65% das revistas americanas possuem uma réplica digital