Google pagará 60 milhões de euros à imprensa francesa por publicar conteúdos

Dinheiro será destinado a uma fundação dedicada a ‘facilitar a transição da imprensa no mundo digital’.

Logotipo do Google NewsRIO DE JANEIRO (Da Redação), 1º de fevereiro – O Google chegou a um acordo com a imprensa francesa e irá pagar 60 milhões de euros pela publicação do conteúdo dos jornais franceses no Google News. O dinheiro, segundo o presidente de França, François Hollande, será destinado a uma fundação dedicada a “facilitar a transição da imprensa no mundo digital”.

O compromisso acordado é resultado das negociações entre o presidente do Google, Eric Schmidt, com a presidenta da Associação da Imprensa de Informação Política e Geral da França, Natalie Collin, e com o mediador Marc Schwartz, nomeado pelo governo francês. Deste encontro participaram também a ministra de Cultura e Comunicação da França, Aurélie Filippetti, e a secretária de Estado de Pequenas e Médias Empresas e Economia Digital, Fleur Pellerin.

Há cerca de cinco anos, editoras de jornais vêm querendo que o Google lhes repasse uma parcela da receita de publicidade por exibir os conteúdos noticiosos no Google News. O presidente francês chegou a ameaçar impor uma “taxa Google” (que outros países europeus, como Alemanha e Espanha, também pensaram em adotar), que forçaria a gigante das buscas a pagar um imposto.

Com o novo acordo, Schmidt assegurou também que o Google reforçará sua associação estratégica com a imprensa francesa para ajudá-la a aumentar seus benefícios digitais por meio da tecnologia publicitária dos veículos.

Em comunicado, o Google destacou que sempre “trabalhou com os meios de comunicação em todo o mundo para ajudar-lhes a aproveitar ao máximo a Internet”, e lembrou que, graças aos seus links e aos bilhões de cliques que gera a cada mês, editores têm feito dinheiro com esse tráfego. JW.

Com informações da Europa Press.

Mario CavalcantiGoogle pagará 60 milhões de euros à imprensa francesa por publicar conteúdos