Blogueira Yoani Sánchez já pode sair de Cuba

Uma das principais vozes da oposição no país, Sánchez se beneficiou do fim das medidas que proibiam o livre deslocamento para fora do país.

Crédito: WikimediaRIO DE JANEIRO (Da Redação), 31 de janeiro – A blogueira cubana Yoani Sánchez anunciou em sua conta no Twitter que recebeu o passaporte, com o qual poderá deixar Cuba.

Uma das principais vozes da oposição ao regime atualmente comandado por Raúl Castro, Yoani se beneficiou do fim das medidas que proibiam o livre deslocamento de cubanos para fora do país. O relaxamento das normas é parte das medidas de abertura do regime.

Yoani já havia pedido autorização várias vezes para participar de eventos no exterior, inclusive no Brasil. Todas as vezes teve seus pedidos negados.

Em outubro de 2012, a blogueira foi presa em Havana junto com seu marido, o jornalista Reinaldo Escobar, e o também blogueiro Agustín Díaz. Eles estavam a caminho da cidade de Bayamo, ao leste de Cuba, para assistir ao julgamento de Ángel Carromero, acusado de homicídio doloso pela morte do ativista e oposicionista Oswaldo Payá. Ela e o marido foram libertados após 30 horas de prisão, e disse que sentiu na pele o que se passa com os presos políticos do país.

Mundialmente conhecida por manter, desde 2007, o blog Generación Y, Sánchez conquistou diversos prêmios por artigos e críticas da situação social em Cuba no governo de Fidel Castro e Raúl Castro. JW.

Com Agência Brasil e BBC Brasil.

Mario CavalcantiBlogueira Yoani Sánchez já pode sair de Cuba