The Guardian vai lançar edição online na Austrália

Novo veículo terá o apoio do filantropo australiano Graeme Wood, conhecido por disponibilizar fundos para o jornal The Global Mail.

Logo do The GuardianRIO DE JANEIRO (Da Redação), 15 de janeiro – O diário britânico The Guardian anunciou que vai lançar uma edição online na Austrália. O novo veículo terá o apoio do filantropo e empreendedor de Internet australiano Graeme Wood, fundador do site de viagens Wotif e conhecido por disponibilizar fundos para o jornal The Global Mail.

Katharine Viner, editora-adjunta do The Guardian, será realocada para Sydney para comandar e lançar a empreitada ainda esse ano. “Já temos um grande número de leitores australianos, que nos dizem que querem mais da nossa reportagem no local, comentários animados e jornalismo aberto inovador”, diz Viner. “Vamos construir uma pequena equipe australiana para cobrir os assuntos que realmente importam para o país e conectar os leitores australianos à rede global de correspondentes e comentaristas do Guardian”, completa.

Além do apoio de Wood, o Guardian vai procurar formar parcerias comerciais para ajudar a construir a operação australiana. O veículo fez questão de frisar que os parceiros comerciais não irão interferir no conteúdo editorial.

A audiência global do The Guardian ultrapassou os 70 milhões de visitantes únicos em novembro do ano passado. Destes, 45 milhões foram de fora do Reino Unido, segundo dados recentes do Audit Bureau of Circulations. JW.

Com informações do The Guardian.

Mario CavalcantiThe Guardian vai lançar edição online na Austrália