Mario Cavalcanti
por — 23/11/2012 em Notícias

Tablets estão vendendo mais que laptops na Black Friday, diz analista

Segundo a DisplaySearch, a escolha é conveniente, pois tablets são mais portáteis, ligam rápido e atendem as necessidades básicas de computação

Foto: Flickr / Alui0000RIO DE JANEIRO (Da Redação), 23 de novembro – A Black Friday deste ano já pode ser considerada o dia em que os tablets venderam mais que os laptops na América do Norte. Quem sugere é a empresa de pesquisa e análise de mercado NPD DisplaySearch.

A previsão de vendas apontada pela DisplaySearch para o quarto trimestre na América do Norte é de 21,5 milhões de unidades de tablets, quantidade bem acima dos 14,6 milhões de notebooks e mininotes que se espera que sejam vendidos no mesmo período. Segundo a companhia, o restante do mundo deve acompanhar o movimento em 2015, quando, de acordo com a analista, cerca de 276 milhões de tablets devem ser vendidos, em comparação a 270 milhões de laptops.

O motivo da suposta “vitória” dos tablets é apontado pela própria DisplaySearch. Nos Estados Unidos, mais de 70% dos domicílios têm computadores. Com essa elevada taxa de penetração, todo mundo que já tem um computador em casa está optando por comprar um tablet. O dispositivo, ponta a analista, é mais portátil que o laptop, liga imediatamente e satisfaz as necessidades básicas de computação: navegação, email e entretenimento. JW.

Com informações do site ReadWrite.

Mario CavalcantiTablets estão vendendo mais que laptops na Black Friday, diz analista