06/11/2012

Vendas de publicidade impulsionam lucros da AOL no terceiro trimestre de 2012

Valor ficou acima do total previsto por analistas. Por outro lado, a receita vinda de assinaturas que dão acesso aos serviços da companhia caiu 10%

DivulgaçãoRIO DE JANEIRO (Da Redação), 6 de novembro – A AOL anunciou nesta terça-feira (6) que sua receita ficou estável no terceiro trimestre deste ano, em US$ 531,7 milhões. A receita oriunda de publicidade cresceu 7%, chegando a US$ 340 milhões, enquanto a receita vinda de assinaturas que dão acesso aos serviços caiu 10%, para US$ 173,5 milhões.

A positiva receita do terceiro trimestre ficou acima da previsão média de analistas. As informações são da agência de notícias Reuters.

PUBLICIDADE VERSUS MODELO DE ASSINATURA PAGA

Na última semana, a Forrester divulgou suas previsões para os próximos cinco anos. Segundo a empresa de pesquisa, o crescimento do número de tablets e smartphones ajudará o mercado de conteúdo online pago a ter um crescimento anual muito significativo até 2017. Além disso, o número de pessoas optando por comprar conteúdo noticioso online deve crescer 68% durante esse período.

O relatório prevê ainda que serviços de assinatura serão o modelo de conteúdo pago mais bem sucedido, e que o crescimento de serviços pagos em dispositivos móveis pode limitar as oportunidades de lucros oriundas de publicidade, direção diferente da apresentada pela AOL. JW.

Mario CavalcantiVendas de publicidade impulsionam lucros da AOL no terceiro trimestre de 2012