05/10/2012

Blogueira e ativista Yoani Sánchez é presa em Cuba

Conhecida por críticas ao governo de Fidel Castro, ela e o marido, também preso, estavam indo assistir ao julgamento de um acusado de matar o ativista Oswaldo Payá

Atualizado às 17:40

RIO DE JANEIRO (Da Redação), 5 de outubro – A blogueira cubana Yoani Sánchez foi presa em Havana na quinta-feira (4) junto com seu marido, o jornalista Reinaldo Escobar, e o também blogueiro Agustín Díaz. Eles estavam a caminho da cidade de Bayamo, ao leste de Cuba, para assistir ao julgamento de Ángel Carromero, acusado de homicídio doloso pela morte do ativista e oposicionista Oswaldo Payá.

Mundialmente conhecida por manter, desde 2007, o blog Generación Y, Sánchez conquistou diversos prêmios por artigos e críticas da situação social em Cuba no governo de Fidel Castro e Raúl Castro. O diário espanhol El País, para onde a blogueira também escreve artigos, disse ter confirmado sua prisão.

O blog pró-governo Yohandry.com disse que Yoaní foi presa juntamente com seu marido porque eles planejavam fazer “provocações” e “um show midiático”, que colocariam em risco a credibilidade do julgamento.

O julgamento contra Ángel Carromero está previsto para começar nesta sexta-feira (5). De acordo com a imprensa local, um esquema de segurança reforçado foi montado para a ocasião. Apenas alguns repórteres foram autorizados a ingressar no tribunal, desde que não portassem aparelhos que permitem gravação. JW.

Com informações do jornal O Globo e da Agência Brasil.

Mario CavalcantiBlogueira e ativista Yoani Sánchez é presa em Cuba