Mario Cavalcanti
por — 15/12/2011 em Notícias

Blogueiro egípcio é preso por criticar o exército

Maikel Nabil é condenado a dois anos e foi representado por advogados militares

Reprodução / Al Ahram OnlineRIO DE JANEIRO (Da Redação), 15 de dezembro – O blogueiro Maikel Nabil foi condenado na quarta-feira (14) a dois anos de prisão em um presídio militar por publicar um post em
que criticava a atuação do exército local durante a revolução que provocou a queda do regime ditatorial de Hosni Mubarak. A informação é do diário Al Ahram.

Nabil, que teve que pagar ainda uma multa de 200 libras egípcias (cerca de US$ 33,22), faz parte da minoria cristã no país e foi condenado em um tribunal militar. Além da multa, o júri também condenou o blogueiro a pagar 300 libras egípcias (perto de US$ 50) pelos custos do advogados militares que o representaram durante o processo.

O ocorrido está sendo divulgado por ativistas que apoiam o blog de Nabil, como Naguib El Masry, que foi quem confirmou toda a história ao jornal Al Ahram. JW.

Com informações do diário espanhol lainformacion.com.

Mario CavalcantiBlogueiro egípcio é preso por criticar o exército