Mario Cavalcanti
por — 05/10/2011 em Notícias

Jornais de papel terão desaparecido em 2040

Afirmação é do chefe da Agência de Propriedade Intelectual da ONU

DivulgaçãoRIO DE JANEIRO (Da Redação), 5 de outubro – O chefe da Agência de Propriedade Intelectual da Organização das Nações Unidas (ONU), Francis Gurry, disse recentemente, em entrevista ao jornal suíço Tribune de Genève, que “em poucos anos não existirão diários impressos tal como os conhecemos”.

Para o executivo australiano, trata-se de uma evolução natural, e não é algo bom ou ruim. Ele acrescentou que existem estudos que sugerem um desaparecimento dessa mídia até o ano 2040. “Nos Estados Unidos, terminarão em 2017”, completa.

Segundo Gurry, os Estados Unidos já estão vendendo mais cópias digitais que de impressas. O problema, diz ele, é como a mídia irá obter lucro para pagar aqueles que produzem conteúdo original. “O sistema de direitos autorais deve ser preservado como um mecanismo para pagar esses escritores”, diz. JW.

Com informações da agência de notícias AFP.

Mario CavalcantiJornais de papel terão desaparecido em 2040