Mario Cavalcanti
por — 29/08/2011 em Notícias

Agência de notícias fecha as portas após 132 anos

NZPA, da Nova Zelândia, se viu ameaçada pelas grandes mudanças tecnológicas

DivulgaçãoRIO DE JANEIRO (Da Redação), 29 de agosto – A agência de notícias New Zealand Press Association (NZPA), da Nova Zelândia, está encerrando suas atividades após 132 anos de existência. A informação é da Associated Press (AP).

Com presença significativa em seu país, a NZPA se viu nos últimos meses ameaçadas pelas grandes mudanças tecnológicas nos meios de comunicação e pelos novos modelos de negócio.

Dois grandes impérios de mídia da Austrália são donos da maioria dos jornais da Nova Zelândia, e os jornais em cada um dos dois grupos trocam informações entre si, o que veio reduzindo o poder da NZPA como fornecedora de conteúdo para veículos. O grande impacto, no entanto, foi quando um desses impérios, a Fairfax Media, responsável por mais de dois terços dos veículos em circulação na Nova Zelândia, decidiu desistir dos serviços da NZPA.

Para Bill Mitchell, do Instituro Poynter (conceituada escola de jornalismo da Flórida), é sempre difícil quando uma agência de notícias desaparece, pois isso significa que há menos uma voz fornecendo informação.

A NPZA foi fundada em 1879 e sua sede fica localizada na cidade de Wellington. JW.

Mario CavalcantiAgência de notícias fecha as portas após 132 anos