Mario Cavalcanti
por — 02/08/2011 em Notícias

Condé Nast faz balanço das assinaturas digitais

No iPad, grupo de mídia dos EUA atraiu 242 mil assinantes em seis semanas

DivulgaçãoRIO DE JANEIRO (Da Redação), 2 de agosto – O grupo de mídia americano Condé Nast atraiu cerca de 242 mil consumidores de edições digitais dentro de um período de seis semanas após a introdução de assinaturas na App Store da Apple em maio deste ano. O número inclui assinaturas digitais, cópias digitais avulsas e 136 mil assinantes de edições impressas que optaram por adicionar edições digitais aos seus planos de assinatura.

O apanhado mostra que a Condé Nast conseguiu 106 mil assinantes não vinculados a assinaturas impressas. Controladora de tradicionais revistas como The New Yorker, Wired e Vanity Fair, a companhia foi uma das primeiras a criar aplicativos de revistas. Tem atualmente uma crescente lista de 22 aplicações, incluindo nove edições digitais de revistas, que já foram baixadas mais de 7 milhões de vezes até o mês passado.

Além das edições para iPad, o grupo também oferece assinaturas digitais para outras plataformas, como o e-reader Nook Color, da Barnes & Noble. Para o dispositivo estão disponíveis edições de revistas como Glamour, GQ e Vanity Fair. JW.

Com informações do site mocoNews.

Mario CavalcantiCondé Nast faz balanço das assinaturas digitais