Mario Cavalcanti
por — 22/06/2011 em Notícias

Criador do WikiLeaks fecha parceria no Brasil

Julian Assange e a agência Pública somam esforços para revelar documentos

DivulgaçãoRIO DE JANEIRO (Da Redação), 22 de junho – O co-fundador e editor do WikiLeaks, Julian Assange, fechou recentemente uma parceria com a Pública, agência brasileira de jornalismo investigativo. O objetivo é divulgar material do WikiLeaks com alguma relação com o Brasil e que não tenha sido noticiado pela imprensa.

Em vídeo oficial publicado na página da agência, Julian Assange fala sobre o acordo. “Nos últimos seis meses, nós publicamos diversos documentos sobre as atividades dos Estados Unidos em todo o mundo e em outros países que ele tem interesse – e isso inclui o Brasil. Mas o material publicado até agora sobre o Brasil não é tudo. Há muitos mais documentos a serem lançados e muitos documentos a serem lidos com cuidado”, diz.

A diretora da Pública, Natalia Viana, também aparece no vídeo comentando sobre o papel da agência na parceria. “A Pública está de posse dos documentos das embaixadas americanas que foram obtidos pelo WikiLeaks. Por isso a gente convidou uma série de amigos nossos, jornalistas independentes, para darem uma lida nesses documentos e escreverem as reportagens que ainda precisam sair para o público brasileiro ficar conhecendo essa parte muito importante da sua história”, conta.

Os documentos começarão a ser divulgados no site da Pública a partir do dia 27 de junho. JW.

Mario CavalcantiCriador do WikiLeaks fecha parceria no Brasil