Mario Cavalcanti
por — 11/05/2011 em Notícias

Reino Unido vigiará tweets de jornalistas e veículos

Comissão de Queixas da Imprensa vai regular o que dizem repórteres no Twitter

Imagem ilustrativaRIO DE JANEIRO (Da Redação), 11 de maio – Os tweets dos repórteres e veículos britânicos ficarão sob vigilância da Comissão de Queixas da Imprensa (Press Complaints Commission ou PCC, na sigla em inglês) a partir do final deste ano. A entidade considera que o que dizem os jornalistas no Twitter é parte de “um produto editorial do jornal” e, por causa disso, os códigos deontológicos devem ser aplicados da mesma forma que em outros meios.

A comissão seguirá no Twitter a todos os que possuem uma conta oficial ligada a veículos. Segundo o órgão, contas que tiverem o nome de um jornal e claramente forem oficiais – como @telegraphnews ou @thesun_bizarre – provavelmente serão reguladas. Além disso, também vigiará o que os jornalistas dizem em suas contas pessoais, porém distinguirá quando estão fazendo uso público e quando se trata de uso privado (por exemplo, comentando sobre o que comeu no café da manhã ou o que fez no fim de semana). De acordo com a entidade, alguns jornalistas, como Rory Cellan-Jones, da BBC, já mantém múltiplas contas para preservar distinções pessoal e profissional.

Não é a primeira vez que a PCC se pronuncia em torno do Twitter. Em fevereiro deste ano, a entidade britânica decidiu que a informação vista neste site de rede social é pública e publicável pelos veículos. JW.

Com informações do site paidContent.

Mario CavalcantiReino Unido vigiará tweets de jornalistas e veículos