Mario Cavalcanti
por — 19/01/2011 em Notícias

Infográfico ganha espaço na Campus Party Brasil

Debate mostrou a importância do elemento para a compreensão de acontecimentos

Foto: JW

Atualizado às 21:45

SÃO PAULO (Da Campus Party), 19 de janeiro – Discutir a importância do infográfico e da visualização de dados no jornalismo. Essa foi uma das propostas do debate "Infográfico e visualização de dados", que aconteceu nesta quarta-feira (19), na Campus Party Brasil.

Participaram do debate Guilhes Damian, designer e editor de infografia do iG, Emiliano Urbim, jornalista e editor da revista Superinteressante (editora Abril), premiada várias vezes por design e infográficos, e o designer Gabriel Gianordoli, também da editora Abril.

Damian começou sua palestra apresentando definições didáticas sobre infografia e citando exemplos de sites dedicados à visualização de dados, como o Datablog, do diário britânico The Guardian. A importância desse tipo de conteúdo para o entendimento de uma notícia também foi evidenciado pelo designer. "Além de informar, a infografia te dá margem para entender os fatos", diz.

O profissional citou ainda a interatividade como elemento de aprimoramento de entendimento, citando um infográfico interativo sobre o Palácio do Planalto que o iG desenvolveu. "A gente mandou um ilustrador para Brasília que teve acesso à planta baixa e conversou com jornalistas que já estiveram nos gabinetes", conta.

Emiliano Urbim (foto), que apresentou para o público diversos exemplos de infográficos 2D estáticos da Superinteressante e de outros veículos, falou sobre o infográfico como tradutor de números, abordando a importância da arquitetura da informação e do uso da cor na organização e estética. "Mesmo conseguindo tornar um dado inteligível, é preciso atrair o público", explica.

Veja aqui a agenda geral da Campus Party Brasil 2011. Clique aqui para ver o que estão comentando sobre o evento no Twitter. JW.

Mario CavalcantiInfográfico ganha espaço na Campus Party Brasil