Mario Cavalcanti
por — 22/11/2010 em Notícias

Editor do Guardian fala sobre eficiência do Twitter

Alan Rusbridger reúne 15 atributos que tornam o serviço importante para a mídia

Imagem ilustrativaRIO DE JANEIRO (Da Redação), 22 de novembro – No Twitter, as coisas acontecem primeiro. Esse é um dos 15 argumentos que o editor-chefe do jornal inglês The Guardian, Alan Rusbridger, reuniu para mostrar o que torna o popular serviço eficiente e de extrema importância para empresas de mídia.

As características apontadas por Rusbridger foram publicadas recentemente no site do diário britânico e sugerem situações, inclusive dentro do jornalismo online, onde a ferramenta se encaixa como aliada no cotidiano dos profissionais da área. Além do atributo já mencionado, o executivo diz também que o Twitter é uma espetacular forma de distribuição e uma grande ferramenta de reportagem. O serviço, ainda segundo Rusbridger, ajuda a criar comunidades em torno de um veículo; e, além disso, muda a noção de autoridade.

A lista com as 15 características apontadas pelo jornalista pode ser acessada na íntegra aqui (em inglês). JW.

ATRIBUTOS QUE TORNAM O TWITTER EFICIENTE PARA A MÍDIA

01. É uma espetacular forma de distribuição
02. É onde as coisas acontecem primeiro
03. Como ferramenta de pesquisa, rivaliza com o Google
04. É uma formidável ferramenta de agregação
05. É uma grande ferramenta de reportagem
06. É uma fantástica forma de marketing
07. É uma série de conversas naturais. Ou pode ser
08. É mais diversificado (qualquer um tem voz)
09. Muda o tom da escrita
10. É um ambiente nivelado pela relevância
11. Traz novos valores
12. Possui longo alcance em termos de atenção
13. Cria comunidades
14. Muda a noção de autoridade
15. É um agente de mudanças

Mario CavalcantiEditor do Guardian fala sobre eficiência do Twitter