Mario Cavalcanti
por — 09/11/2010 em Notícias

Grupo de mídia dos EUA investe em rede de frilas

Serviço conecta jornalistas com veículos que desejam publicar seus trabalhos

DivulgaçãoRIO DE JANEIRO (Da Redação), 9 de novembro – Uma startup americana que conecta jornalistas freelancers com veículos que desejam publicar seus trabalhos recebeu investimento de US$ 1.5 milhão do conglomerado de mídia E.W. Scripps, que atualmente controla 14 jornais, além de 10 emissoras de televisão independentes e afiliadas às redes ABC e NBC. A informação é do site paidContent.

Na Ebyline, jornalistas freelancers podem fechar acordos ou divulgar artigos e notícias que eles tenham escrito no passado. Veículos podem usar o serviço para comprar trechos específicos de conteúdo ou contratar freelancers para acordos futuros.

Segundo o site Venturebeat, que noticiou o investimento, as publicações também podem usar o mesmo espaço para comercializar seu próprio material. Entre os utilizadores, por exemplo, está a Variety, que usa o serviço para vender suas resenhas de filmes a outros veículos

A startup foi fundada no segundo trimestre desse ano por dois ex-funcionários do jornal Los Angeles Times. JW.

Mario CavalcantiGrupo de mídia dos EUA investe em rede de frilas