Mario Cavalcanti
por — 14/07/2010 em Notícias

Jornal do Brasil decide encerrar versão impressa

Após 119 anos de circulação, diário vai continuar apenas como veículo online

ReproduçãoRIO DE JANEIRO (Da Redação), 14 de julho – Após 119 anos de circulação, o Jornal do Brasil vai deixar de existir no formato impresso no próximo dia 1º de setembro devido às ívidas e à queda na tiragem. As informações são da Zero Hora.

A decisão da Docas Investimentos S.A., grupo que opera os negócios do empresário Nelson Tanure e que detém o controle acionário do JB, será comunicada aos leitores através de anúncio publicado na edição desta quarta-feira (14).

Apesar de lamentar a baixa, Associação Nacional de Jornais (ANJ) diz que se trata de um caso isolado. Segundo a entidade, a circulação média diária dos jornais cresceu 31% de 2004 a 2008. No ano passado, a retração foi de 3,46%. Entretanto, dados do Instituto Verificador de Circulação (IVC) mostram uma recuperação este ano.

As dívidas do JB seriam de R$ 100 milhões, acumuladas desde os anos 80. JW.

Mario CavalcantiJornal do Brasil decide encerrar versão impressa