Mario Cavalcanti
por — 16/10/2009 em Notícias

Agência Brasil leva prêmio por especial multimídia

Serviço noticioso foi o vencedor da 31ª edição do Vladimir Herzog

DivulgaçãoBRASÍLIA (Agência Brasil), 16 de outubro – A Agência Brasil foi a vencedora do 31º Prêmio Vladimir Herzog de Anistia e Direitos Humanos na categoria Analfabetismo Cultural, com a reportagem especial multimídia "Analfabetismo: a exclusão pelas letras", veiculada em maio de 2009. A TV Brasil recebeu menção honrosa na mesma categoria com série de três reportagens sobre educação.

A reportagem especial foi produzida pela repórter Amanda Cieglinski, com colaboração de jornalistas das sucursais da Agência Brasil em São Paulo, no Rio de Janeiro, em Curitiba e Manaus, da equipe de fotografia e da equipe multimídia da Empresa Brasil de Comunicação (EBC).

A reportagem traz um retrato do analfabetismo no Brasil. Com a contribuição de especialistas e depoimentos de quem enfrenta as dificuldades da falta de letramento no dia a dia, o especial aponta as principais causas do problema e possíveis caminhos para que o país supere esse desafio.

Já a série de reportagens televisivas, produzida pelo repórter Fábio Féter em escolas de ensino fundamental e médio da rede pública da grande São Paulo, apresenta desafios da educação, com questionamentos sobre como educar e para que educar, além de abordar o problema do analfabetismo funcional. A série foi veiculada entre julho e agosto de 2009.

Em 2008, a Agência Brasil também foi vencedora do prêmio Vladimir Herzog, na categoria Internet, pelo webdocumentário "Nação Palmares".

A cerimônia de entrega do 31º Prêmio Jornalístico Vladimir Herzog de Anistia e Direitos Humanos será realizada no dia 26 de outubro, em São Paulo.

Mario CavalcantiAgência Brasil leva prêmio por especial multimídia