Mario Cavalcanti
por — 07/10/2009 em Notícias

The Economist reforça leque de conteúdo pago

Material da edição online com mais de 90 dias ficará disponível só para assinantes

DivulgaçãoRIO DE JANEIRO (Da Redação), 7 de outubro – A revista britânica financeira The Economist decidiu ampliar na Web seu leque de conteúdo pago. A informação é do Editors Weblog.

A partir do próximo dia 13 de outubro, todo o material de arquivo com mais de 90 dias vai estar disponível apenas para assinantes, muito menos do que a disponibilidade de 12 meses de arquivo que existia até hoje.

Outra grande mudança é em relação à réplica digital da edição impressa. O acesso ao atratito vai ser um privilégio dos assinantes.

EXISTE DEMANDA, DIZ O ECONOMIST

Em setembro deste ano, o The Economist anunciou que pretendia cobrar pelo seu conteúdo na Web e que estava estudando novas formas de pagamento. De acordo com a publicação, as pessoas estão dispostas a pagar por conteúdo analítico. JW.

Mario CavalcantiThe Economist reforça leque de conteúdo pago