Mario Cavalcanti
por — 06/07/2009 em Notícias

Internet não é solução para o novo autor, diz Werneck

Jornalista e escritor reconhece que a Web contribui para ampliar o acesso à literatura

ReproduçãoPARATY, Rio de Janeiro (Agência Brasil), 6 de julho – O jornalista e escritor Humberto Werneck adverte que a Internet não pode ser considerada a solução para a nova safra de autores. Para Werneck, ainda é cedo para avaliar a produção literária postada na Web.

"É bom a gente não considerar a Internet a solução. Está havendo agora um saudável estouro da boiada. A Internet hoje permite a qualquer pessoa dizer o que quiser. Mas já começamos a entrar no segundo momento, que é uma peneira, uma seleção dessa enorme massa", avaliou no domingo (5), após o encerramento da 7ª Festa Literária Internacional de Paraty (Flip).

"Dentro de algum tempo, teremos uma noção mais nítida sobre o que, nesse vagalhão de ficção e poesia que se está produzindo, tem qualidade, tem permanência. Eu acho cedo ainda", ponderou.

INTERNET CONTRIBUI PARA AMPLIAR ACESSO

Werneck reconhece que a Internet contribui para ampliar o acesso à literatura, mas alerta que recorrer à Web não garante aos novos autores um lugar na estante dos leitores.

"É muito bom que todo mundo possa mostrar o que faz. Mas é vital que tenha qualidade para perdurar um pouquinho. As pessoas não podem acreditar que, porque publicam na Internet, têm garantido um lugar entre os autores que, de fato, são lidos", afirmou.

Por Lísia Gusmão. Edição: Juliana Andrade.

Mario CavalcantiInternet não é solução para o novo autor, diz Werneck