Mario Cavalcanti
por — 19/01/2009 em Notícias

Telefonia móvel cresce 24,5% em 2008 no Brasil

Segundo dados da Anatel, já são mais de 150 milhões de assinantes no país

Imagem ilustrativaCom 29.661.300 novas habilitações em 2008, o Brasil chegou a 150.641.403 assinantes no Serviço Móvel Pessoal (SMP). Segundo a Agência Nacional de Telecomunicações, esse crescimento, de 24,52%, é o maior da história. O número de adesões é 40,83% maior do que o registrado em 2007, quando o serviço ganhou 21.061.482 novos assinantes.

O Distrito Federal lidera a teledensidade (indicador utilizado internacionalmente para demonstrar o número de telefones em serviço em cada grupo de 100 habitantes) da telefonia móvel brasileira, com índice de 137,7, ou seja, 1,37 telefone para cada habitante. O Rio de Janeiro, segundo colocado no ranking, cresceu 1,56% (subiu de 94,77 para 96,24). Em terceiro no indicador, o Mato Grosso do Sul tem índice de 94,99 e apresentou crescimento de 3,49% (era de 91,78).

Mercado e operadoras

A Vivo permanece na liderança do mercado brasileiro de telefonia móvel, com 29,84% de participação. A Claro aparece em segundo com 25,71%, e a TIM, em terceiro, com 24,17% de participação. A Oi registrou 16,19% de participação de mercado e é seguida pela 14BrasilTelecom GSM com 3,72%. A participação da CTBC Telecom Celular detém 0,30%, e a da Sercomtel Celular 0,06%. A Unicel continua com 0,01% de mercado.

Em termos de tecnologia, o GSM (2G) continua em expansão e na liderança do mercado. O crescimento também ocorre nas tecnologias de terceira geração (3G), o WCDMA e o CDMA 2000, e nos terminais de dados. JW.

Mario CavalcantiTelefonia móvel cresce 24,5% em 2008 no Brasil