Mario Cavalcanti
por — 10/12/2008 em Notícias

Jornal A Tarde passa a fazer uso de QR Codes

Recurso dá ao leitor do impresso acesso a conteúdo digital produzido para celular

Trechos do vídeo produzido pelo Grupo A Tarde e que explica o funcionamento do QR Code (Reprodução)O jornal A Tarde, da Bahia, passou a integrar a partir desta quarta-feira, 10, em sua edição impressa, o QR Code, um código de barra bidimensional que concentra informação digital e que pode ser lido a partir de leitores de códigos de barra instalados em telefones celulares.

O recurso permite, por exemplo, que o usuário de um telefone celular equipado com um programa leitor de QR Code tenha acesso a informações multimídia como fotos, vídeos ou músicas, bastando para isso tirar uma foto do código de barra e esperar que o software faça o seu reconhecimento instantâneo.

Segundo o Grupo A Tarde, a empresa é a primeira do país no ramo de comunicação a utilizar um QR Code acompanhando matérias de uma publicação impressa. Para a editora-coordenadora de jornalismo integrado, Mariana Carneiro, o grupo está saindo na frente.

– No campo do jornalismo, não conhecemos nenhuma experiência semelhante no Brasil. Somos pioneiros nisso – comemora Mariana.

– O celular pode dar acesso à notícia em diversos formatos, em qualquer tempo e lugar – diz Ranulfo Bocayuva, diretor executivo do grupo.

Na Europa e em países como Estados Unidos, Japão, Coréia do Sul, o uso do QR Code (cuja sigla significa Quick Response ou Resposta Rápida) por veículos impressos já está mais difundido. As publicações geralmente fazem uso do recurso para criar links com vídeos, áudios e outros formatos que possam complementar a matéria.

Um vídeo explicativo produzido pelo Grupo A Tarde sobre o uso de QR Codes pode ser assistido aqui. JW.

Mario CavalcantiJornal A Tarde passa a fazer uso de QR Codes