Mario Cavalcanti
por — 01/08/2008 em Notícias

China suspende parcialmente bloqueio

Sites da Anistia Internacional e de grupos que desagradam regime seguem censurados

Após o Comitê Olímpico Internacional (COI) admitir a censura a alguns sites na China, autoridades do país suspenderam parcialmente o bloqueio liberando alguns endereços virtuais com conteúdo que o regime comunista ainda considera “sensível”.

De acordo com a agência Reuters, jornalistas já conseguem acessar páginas que falem sobre a seita Falun Gong, o Tibete e o povoado Uigur, além do site dos Repórteres Sem Fronteiras (RSF). Contudo, os links para os sites de dissidentes chineses, grupos tibetanos e do movimento Falun Gong permanecem censurados.

– A Coordenação do COI e o Bocog (Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos de Pequim) se reuniram e chegaram a um acordo. A Internet será usada como em qualquer dos outros Jogos – declarou Gunilla Lindberg, vice-presidente do COI, sem explicar a falta de acesso integral à Web.

Mario CavalcantiChina suspende parcialmente bloqueio