Mario Cavalcanti
por — 19/05/2008 em Notícias

O Globo aborda celular como canal de empregos

Matéria do suplemento de empregos do jornal carioca traz exemplos de serviços móveis no setor

Divulgação: edição móvel da CNN. Serviços acessíveis pelo celular crescem a cada dia.A edição deste domingo, 18, do Boa Chance, suplemento de empregos do jornal O Globo, trouxe uma matéria sobre a aposta de empresas no mercado móvel e o crescente número de serviços oferecidos para as telinhas.

Segundo a reportagem, "graças ao avanço tecnológico, o celular virou um meio rápido e simples de acesso a serviços. E as empresas investem a cada dia mais nessa idéia, seja para facilitar sua operação ou para conquistar o consumidor".

A matéria, assinada por Rodrigo March, cita o exemplo da Rede Jovem, projeto online que tem por objetivo apresentar novas tecnologias de comunicação e informação para os jovens. A entidade mantém um serviço de empregos que pode ser acessado via telefones celulares. Para Alice Gismonti, que trabalha na ONG, "o celular tem uma capilaridade muito maior do que a Internet entre os jovens de baixa renda".

Atualmente o Brasil possui cerca de 126 milhões de linhas móveis habilitadas, de acordo com dados da Agência Nacional de Telecomunicações, a Anatel. JW.

Em tempo:

Em 2006, o JW lançou o JW Móvel, edição portátil pensada exclusivamente para smartphones e PDAs com acesso à Internet e que permite a visualização de notícias, artigos e outros serviços do site nesses aparelhos móveis.

Mario CavalcantiO Globo aborda celular como canal de empregos