Mario Cavalcanti
por — 15/08/2007 em Notícias

Setor móvel corporativo cresce no Brasil

Dados da Nokia apontam bons números nas vendas de smartphones e uso de email móvel

Divulgação: Nokia E90 chegará nas lojas brasileiras em setembro.O último balanço da Nokia confirma a tendência de crescimento das vendas de aparelhos com aplicativos empresariais no mundo. Os resultados da companhia mostram que a área de Enterprise Solutions (Soluções Empresariais) cresceu 94% no segundo trimestre deste ano, em relação a igual período de 2006.

– Por motivações particulares ou profissionais, o caminho é que cada vez mais usuários e empresas de todos os portes busquem ter à mão funções como e-mail, agenda e acesso à Internet – avalia Newton Pontes, diretor de vendas corporativas da Nokia no Brasil.

No segundo trimestre de 2007, as vendas da área de Enterprise Solutions – que conta com aparelhos de linhas como Communicator e Nokia Eseries – alcançaram 549 milhões de euros, enquanto, no mesmo período no ano passado, o número foi de 283 milhões de euros. Na comparação entre semestres, os seis primeiros meses deste ano registraram um aumento de 87% em relação a 2006 – 875 milhões de euros contra 469 milhões de euros.

Um dos principais impulsionadores desse cenário foi a chegada ao mercado dos novos aparelhos Eseries: Nokia E65, Nokia E61i e Nokia E90 Communicator. Apenas do Nokia E65, o primeiro a ser vendido globalmente e já disponível no Brasil, foram embarcadas mais de um milhão de unidades. O Nokia E61i chega ao mercado nacional ainda em agosto, enquanto o Nokia E90 Communicator estará nas lojas em setembro.

Números divulgados recentemente pelo Gartner apontam que, até 2010, cerca de 350 milhões de pessoas devem acessar emails por dispositivos móveis, o que representa 20% das contas de e-mail existentes. Hoje o percentual de caixas de email móvel corresponde a não mais que 2% das contas registradas.

Outro fator que certamente determinará a disseminação das soluções corporativas é o aumento nas vendas de smartphones. Pesquisas do IDC indicam um crescimento anual de cerca de 54% nos próximos quatro anos, o que levará o setor a acumular, em 2011, 82 milhões de unidades em uso em todo mundo. JW.

Mario CavalcantiSetor móvel corporativo cresce no Brasil