Mario Cavalcanti
por — 23/11/2006 em Notícias

China nega registro para ciberjornalistas

Apenas agências de notícias, jornais e emissoras de rádio e de televisão poderão fazer entrevistas no país asiático

Segundo notícia do portal G1, autoridades da China vão negar aos jornalistas de sites chineses credenciais e o direito destes de fazerem entrevistas no país. A decisão foi informada nesta quinta-feira, 23, pela agência estatal Xinhua.

Apenas agências de notícias, jornais e emissoras de rádio e de televisão estarão autorizados a fazerem entrevistas. Repórteres que trabalham em sites pertencentes a meios de comunicação poderão requisitar um certificado para exercício da profissão.

A manobra teria sido uma resposta das autoridades chinesas ao caso de Li Ling, um suposto ciberjornalista que agia com certificado profissional falsificado e que teria, ainda segundo a agência, arrecadado US$ 475 mil a partir de chantagens.

A notícia pode ser lida na íntegra aqui.

Mario CavalcantiChina nega registro para ciberjornalistas